Compartilhe no Google+ e Twitter

17 de fev de 2009

As Duas Mulheres Pecadoras e a Água Benta

As duas mulheres entraram na igreja para se confessar.

A primeira delas foi direto ao confessionário e disse ao padre:

- Padre, preciso de sua bênção porque pequei.
- Qual foi seu pecado, minha filha.

Contou seus pecados, deixando o (que achava) pior por último:
- Padre, peguei em partes proibidas de meu namorado.
- Oh! - exasperou o padre. - Você pecou muito.

Depois da benzeção, o padre deu-lhe a penitência, e mandou que ela lavasse as mãos na água benta a fim de limpá-las.

A mulher saiu dali e foi em silêncio cumprir sua penitência.

Enquanto isso, a outra mulher entrou no confessionário.
Relatou ao padre os seus pecados e, por fim, também desnorteou-o com o que deixou por último.

O padre deu-lhe a penitência e ela saiu dali a fim de cumpri-la.

Para sua surpresa, encontrou a primeira moça lavando as mãos na água benta.
- Por que você está fazendo isso? - perguntou-lhe indignada.
- Sabe? É que peguei em partes íntimas de meu namorado - disse a outra. - Daí o padre mandou eu lavar as mãos na água benta que é para purificá-la.

- Ah, é? Então vê se não suja a água!

- Por quê?

Porque eu vou ter de fazer um gargarejo!

Ah, ah, ah!

0 comentários:

Postar um comentário

Compartilhe no Google+ e Twitter

Design e Ilustração por: ChucK Templates