Torcedor mineirim quietim no estádio

O estádio estava completamente lotado.




A galera cantava, gritava, fazia bagunça.

E o nosso jovem torcedor nem aí.

De mãos nos bolsos, sentado ou de pé, sempre em silêncio, só observava a galera em explosão, no estádio.

Quando do lado de cá saía um gol, a galera ia ao delírio. Tinha uns que até desmaiavam. Ou, então, fingiam desmaiar.

Mineirim, não. Sempre calado, as mãos no bolso...

Até que alguém o cutucou:

- Você não faz nada, cara! Não pula! Não grita! Só fica aí com as mãos nos bolsos!

Mineirim olhou para ele, interrogativo, como a dizer:
"Faço mais que você, seu".

O outro continuou:

- A turma toda a fim de se explodir de tanta emoção. Falta só arrancar cabelo da cabeça de tanto entusiasmo, e você nem aí!

Mineirim, então, tirou as mãos dos bolsos e mostrou o que havia nelas, para o torcedor importuno.

As duas mãos continham chumaços de cabelos. Adivinha de onde!

Ah, ah, ah!

Chiii... Conta Outra, vai!
Torcedor mineirim quietim no estádio Torcedor mineirim quietim no estádio Reviewed by José Guimarães on 21:03:00 Rating: 5

Um comentário:

Tecnologia do Blogger.