Na Borda do meu chapéu

Na borda do meu chapéu

Pendurei uma banana

Pensao Alimenticia

Quando pensei te colocar um véu

Já estava contingo na cama.

E daí um filho nasceu

Não sei de onde

Mas disseste que é meu.

Pra ficar tudo bacana

Vou chamá-lo de Romeu.


Eta cabra da peste danado de arretado! É por isso que tá cheio de criança no mundo sem saber quem é o pai. Toca pensão alimentícia nele, comadre! Cabra assim tem mais é que pagar 33% do salário.

Ainda não sabe o que é Pensão Alimientícia? É o valor que se paga à mãe em caso de não se casar com a querida amada.
Ah, ah! Aprendeu, essa lição hoje?

Na Borda do meu chapéu Na Borda do meu chapéu Reviewed by José Guimarães on 15:46:00 Rating: 5

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.